Simpatia para ganhar dinheiro - MyPixeland
  •  
  •  
  •  

Com a proximidade do fim do ano, e as contas que continuam a chegar, muita gente se pergunta se aquelas famosas simpatias podem ajudar a ganhar mais um dinheirinho para complementar a renda. Antes de responder, vamos entender o que vem a ser uma simpatia.

Se você é brasileiro, já deve ter ouvido falar em pular sete ondinhas no Reveillon, juntar 7 caroços de romã na carteira, passar a virada de ano com uma roupa íntima de cor amarela para trazer dinheiro, entre outras “mandingas” do bem.

Piadas à parte, acreditamos que a simpatia, embora não faça mal, está longe de ter efeito. Eis o porquê: no Brasil, fazer simpatias é algo lúdico, quase uma brincadeira que faz parte da tradição do país que traz muito das culturas: africana, por conta dos escravos que aqui chegaram, portuguesa, nossos colonizadores e sem contar a influência indígena, os primeiros habitantes de nossa terra. Ou seja, uma simpatia não é algo individualizado, não leva em conta você especificamente. E em termos de magia não podemos usar receitas de bolo.

Mas se você está querendo melhorar as finanças no fim deste ano e começar o ano seguinte com mais dinheiro no bolso, que tal procurar algo mais eficaz? Um estudo que aponte as melhorias para sua vida no ano seguinte e que seja INDIVIDUALIZADO, feito por um especialista, um terapeuta especialmente para o seu caso.

Ao agendar um atendimento esotérico, você vai providenciar o pagamento online e, assim que confirmado, um terapeuta entrará em contato com você pedindo suas questões, seus dados e também marcando o horário da consulta. A resposta é sigilosa e segue para o seu e-mail.

Se sua questão for financeira, vamos enviar um arsenal de ferramentas para melhorar essas energias e promover um melhor aproveitamento das oportunidades. Você também terá a oportunidade de mandar perguntas para os guardiões extra-físicos que trabalham com essas questões. Ficou curioso ou curiosa? Ainda dá tempo para melhorar as energias para 2019. Saiba mais aqui.

Comentários