O Tarot da mudança - MyPixeland
  •  
  •  
  •  

Mudar não é fácil. Mudar definitivamente é difícil. Mudar exige determinação e muita coragem para não desistir no meio do caminho. Embora saibamos que a única coisa que não muda no mundo é a própria mudança, na hora de praticar o desapego e largar “o velho”, a coisa começa a complicar para qualquer pessoa, não é mesmo?

Por isso, vale todo o tipo de ajuda quando a missão é a mudança de nossas vidas. Em termos esotéricos, quando você está diante de uma situação na qual uma verdadeira transformação é necessária, uma ajuda terapêutica pode fazer toda a diferença. E o Tarot Egípcio é uma dessas incríveis e fantásticas ferramentas que a antiguidade nos presenteou.

Ao contrário do que muita gente pensa, o Tarot não é europeu. Pesquisadores apontam que o Jogo de Tarot surgiu no Egito e que a primeira “edição” foi entalhada na pedra, com desenhos que remontam à cultura milenar dos faraós. O livro de Thoth, uma divindade egípcia, teria baseado o desenho dos 78 arcanos. E esse material teria ficado oculto por milênios, até ser descoberto na época do êxodo dos judeus. Tal encontro de culturas explicaria, inclusive, a ligação entre o tarot egípcio e a cabalá/kabbalah, misticismo de origem judaica.

Ricas em significado, as cartas egípcias trazem impressas outras tradições mágicas e ciências ocultas, como a astrologia e numerologia. E por falar nas cartas, vale a pena mencionar uma das cartas mais temidas entre os arcanos maiores: XIII – A Morte.

Qualquer cliente, ao se deparar com o arcano 13 em uma consulta acaba por ficar preocupado. Mas se isso aconteceu com você, relaxe. A simbologia da carta da morte vai muito além de representar defuntos, zumbis ou morte física. Na maioria das vezes, o Tarot quer comunicar que o tempo de mudança chegou. Ou seja, a mudança é inevitável.

No Tarot Egípcio, esta carta é denominada A IMORTALIDADE, que traz a ideia de morte e ressurreição, além da correlação com o trânsito do planeta Mercúrio em Gêmeos e a letra hebraica MEM, equivalente ao M do alfabeto grego.

Se você chegou até este ponto do texto, pode ser que você esteja também em um momento de mudança. Será que você precisa desapegar de algo em sua vida? Está sentindo que seus dias estão repetitivos e “sem graça”? Precisa de uma orientação para dar uma guinada em sua vida? Clique aqui.

Comentários