Mulheres são mais vulneráveis à depressão, diz estudo norte-americano - MyPixeland
EsoterismoPensamentosSaúde

Mulheres são mais vulneráveis à depressão, diz estudo norte-americano

By 26 de maio de 2019 No Comments

Um estudo recente revela algo que mulheres têm duas vezes mais chance de ter depressão que os homens, na faixa etária entre 14 e 25 anos. Descoberta que pode ser fundamental para o desenvolvimento de novas abordagens para o tratamento desse transtorno.

De acordo com o experimento, comandado pela Universidade da Califórnia (USA), uma inflamação seria a responsável pela diferença entre respostas cerebrais em relação a recompensas. Essa alteração seria a responsável pela maior incidência de depressão entre mulheres, em comparação aos homens.

O estudo

Para chegar aos resultados, foram analisados 115 participantes, sendo 69 mulheres que receberam uma dose baixa de endotoxina (composto redutor de inflamação). Também foi administrado um placebo para homens e mulheres que não apresentavam esse transtorno mental.

Cerca de 120 minutos depois, os participantes eram convidados a realizar tarefas, nas quais tinham que antecipar recompensas. O resultado: a endotoxina reduziu a atividade na área de processamento de recompensa do cérebro. Mas os resultados foram diferentes entre os sexos biológicos masculino e feminino.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão atinge 4,4% da população da Terra e cerca de 6% dos brasileiros. Na América Latina, o Brasil demonstra maior número de casos. Quando o assunto é ansiedade, somos o país com maior número de ansiosos proporcionalmente: 9,3% da população.

Luz no fim do túnel

Talvez a ciência esteja mais próxima de comprovar a necessidade de entender o ser humano de forma holística, completa, integral ao lidar com seus distúrbios e inquietações. A depressão é multifatorial e entender as causas químicas pode, sem dúvida, abrir um novo portal de entendimento. Mas isso não é tudo.

Vale também compreender que as terapias convencionais e alternativas, o autoconhecimento, a espiritualidade, alimentação saudável, exercícios físicos, religiosidade são ferramentas que, se combinadas harmonicamente, podem oferecer melhores respostas e maior qualidade de vida a homens e mulheres, independentemente da faixa etária.

 

 

Comentários

Leave a Reply