Alma gêmea existe? Você acredita em alma gêmea? - MyPixeland
Amor

Alma gêmea existe? Você acredita em alma gêmea?

Muitas clientes nos perguntam se existe alma gêmea. Aquela pessoa que combina tanto conosco, que nasceu para ficar a nosso lado e compartilhar amor verdadeiro. Primeiramente, é preciso dizer que nós de MyPixeland acreditamos SIM no conceito de almas gêmeas. Vivenciamos isso na prática. E mais: desenvolvemos ferramentas para ajudar a identificar se você está perto ou distante da sua. Uma dessas é a consulta Tarot do Amor.

Antes de falar a respeito desta poderosa ferramenta de autoconhecimento, vamos nos remeter ao surgimento do que chamamos de alma gêmea, criado pelo filósofo Platão. De acordo com esse conhecimento, quando deuses e homens ainda conviviam juntos, cada ser humano tinha originalmente quatro braços, quatro pernas e uma única cabeça composta de duas faces.

Além dos deuses, existiam pessoas de três gêneros: masculino, regido pelo Sol, feminino regido pela Terra, e andrógino, regido pela Lua. Cada ser possuía dois conjuntos de genitália igual, sendo dois pênis ou duas vaginas. Já os andróginos tinham tanto o órgão sexual masculino quanto feminino no mesmo corpo.

A estória de Platão, descrita em The Symposium (O Banquete, em português), conta que à época, os seres humanos tinham muito mais força que atualmente e subiram ao céu para lutar com os deuses do Olimpo. Durante a rebelião, Zeus – o deus supremo da mitologia grega – usou sua espada e cortou todos os seres humanos ao meio.

Então, o ser que anteriormente era completo sendo homem-homem/masculino-masculino, ao ser dividido, gerou o casal gay, homossexual masculino. Já o ser que anteriormente era completo sendo mulher-mulher/feminino-feminino, gerou o casal homossexual feminino (lésbicas). E a grande maioria da humanidade, desta forma, teria surgido a partir de seres andróginos, que continham os dois órgãos sexuais diferentes, masculino e feminino, no mesmo corpo.

Assim, segundo o texto, cada ser humano (nossos ancestrais) ficou com uma face e um órgão genital. E como forma de punição, estaria fadado a só olhar para dentro de si mesmo para reconhecer a grandeza de Zeus. Sentindo-se incompleto, vivendo de forma intranquila, sempre procurando pela outra metade de sua alma. A lenda fala ainda que quando as duas metades se encontram existe uma compreensão imensa, um amor que os une e que não conhece maior alegria que este reencontro.

Metáforas à parte, o fato curioso é que é relativamente comum recebermos consulentes/clientes que sentem uma certa “saudade”, um sentimento saudosista que não pode ser identificado facilmente, além de uma vontade muito grande de encontrar o verdadeiro amor. Aí entra em cena o Tarot do Amor.

Através de uma consulta esotérica clara e bem realizada, você consegue saber se já encontrou ou está perto ou longe de encontrar sua alma gêmea. Além de saber como agir para ter mais sucesso no seu relacionamento atual. Seja ele qual for. E claro encontrar sua alma gêmea se isso ainda não aconteceu. O mais encantador é que esse conhecimento está disponível a todos, sem distinção de gênero ou orientação sexual.

Comentários

Artigos relacionados

Fechar