A incrível história de Santa Joana d’Arc e o poder feminino da guerra - MyPixeland
EsoterismoMapa AstralMediunidadeTarot

A incrível história de Santa Joana d’Arc e o poder feminino da guerra

By 30 de maio de 2019 No Comments

Dia 30 de maio é dia de Santa Joana d’Arc, acusada de bruxaria, foi capturada, levada à Igreja e queimada em praça pública. Com uma história envolta de mistério, misticismo e garra, ela pode ser considerada uma das precursoras do empoderamento feminino.
A mártir atuou na famosa Guerra dos Cem Anos (1337 – 1453), uma série de batalhas entre os reinos francês e inglês pela conquista da França.

Joana médium

Nascida em 1412, teve a vida marcada por uma mediunidade ostensiva. Dizia receber as visões de Miguel Arcanjo, Santa Catarina e Santa Margarida.
De acordo com Joana, esses espíritos a instruíram a ajudar as forças de Carlos VII para libertar a França do domínio da Inglaterra.
Tanto que foi enviada junto às tropas para solucionar o Cerco de Orleães, uma batalha importante dentro da Guerra dos Cem Anos. Em pouco mais de uma semana, Joana d’Arc retorna do conflito com a vitória dos franceses.

Da perseguição à canonização

Pouco a pouco, a popularidade de Joana foi decaindo, até culminar com uma emboscada. Um grupo de franceses que apoiavam o domínio inglês capturou a jovem e a entregou ao bispo Pierre Cauchon.
Sob a acusação de ser bruxa, em 30 de maio de 1431, aos 19 anos de idade, Joana d´Arc foi executada em praça pública, na cidade de Rouen, na França.
A morte, em vez de apagar a história, elevou Joana d’Arc ao status de mártir. Posteriormente foi beatificada e santificada pela Igreja. É uma das padroeiras da França ate os dias atuais.

Espiritualidade é poder

Pode ser que nossa Guerra atual não seja a mesma de Joana. Nossos conflitos estão no ambiente de trabalho, na luta contra o assédio sexual, a briga pela igualdade de direitos e deveres…
Seja como for, Joana d´Arc lembra que toda a mulher precisa, deve e merece ter poder sobre o próprio destino. E a espiritualidade pode nos ajudar a conquistar nossas batalhas atuais.
E as ferramentas estão aí ajudar a encorajar todas as mulheres: mapa astraltarot, alinhamento energético, terapias alternativas, jogo de búzios. Que tenhamos a coragem de trilhar os caminhos da espiritualidade!

Comentários

Leave a Reply